Uma pergunta quase sempre recorrente quando viajamos é: devo ou não devo alugar um carro durante minha viagem? Em minha viagem para New York fiquei lá por 12 dias, e vou contar minha experiência com o transporte de lá e como foi minha locomoção pela cidade.

New York é uma das mais famosas e mais visitadas metrópoles do mundo, e como não podia ser diferente, possui um trânsito caótico de cidade grande. E isso foi um dos pontos que eu levei em consideração quando estava planejando minha viagem e decidia se deveríamos alugar ou não um carro para nos locomovermos pela cidade.

Nesta viagem, eu não fiquei em hotel, mas aluguei uma casa através do site Airbnb – eu conto melhor essa experiência em um outro post. E assim que escolhemos o local que ficaríamos, começamos a pesquisa por meios de transporte, como nos locomoveríamos para cada atração turística que iríamos etc. A casa que aluguei era no Brooklyn, um pouco “afastado” de Manhattan.

Durante minha pesquisa, comecei a ficar “espantado” com a quantidade de linhas e estações de metrô que eu encontrava. Mesmo próximo de onde eu estava hospedado, eu me encontrava entre duas estações de metrô, sendo a mais longe à 3 quarteirões de distância da casa em que fiquei.

Metrô

Eu já tinha ouvido falar que o metro de NY é um dos maiores (e mais sujos) do mundo. Mas apenas estando lá para poder ver a dimensão e a abrangência da malha metroviária da cidade. Nosso voo foi direto de São Paulo (GRU) para o John F. Kennedy (JFK). E é interessante ver que já dentro do aeroporto existe uma estação onde você pode pegar o JFK AirTrain que, por um valor fixo de U$ 7.50 (+Taxas) te deixa em uma diversidade de locais como MIdtown, Lower ou Upper Manhattam. Destas estações você tem acesso à toda a malha metroviária de NY e pode ir desde o Queens, até Long Beach ou Bronx. As informações sobre o JFK AirTrain estão disponíveis na página do AirTrain.

O metrô de NY é administrado pela MTA (Metropolitan Transportation Authority) e você pode consultar o mapa de toda a rede (e baixá-lo em seu computador, tablet ou celular) a partir do seguinte endereço: Mapa do Metro de NY. Você irá reparar que ele cobre praticamente todos os pontos de NY.

Como minha viagem para NY foi para conhecer realmente a maioria dos pontos turísticos do local, eu fui na Estatua da Liberdade, Empire State Building, Grand Central, Word Trade Center Memorial, Brooklyn Botanic Garden, Central Park e uma diversidade de outros lugares durante minha viagem como Museus, parques, e ruas famosas e e todos os lugares havia uma estação de metrô próxima do local para me atender.

Onde Ride ou Passe de 7 Dias
Onde Ride ou Passe de 7 Dias

O metrô possui um cartão chamado MetroCard, que você pode comprar nas modalidades Single Ride ($ 2.50) ou 7 Day MetroCard ($ 29.00). Eu particularmente peguei o passe de 7 dias, pois ele permite que você utilize o metrô de NY de forma ILIMITADA por 7 dias. E você realmente usa. Quando você aprende a usar o metrô de forma correta, o que pode te surpreender no primeiro dia, mas que provavelmente você acabará pegando o jeito logo, você verá que mesmo quando você quer ir de uma rua à outra, você poderá utilizar o metrô para andar 1 ou 2 estações apenas, e você de fato faz isso. As ruas de Manhattam são muito lotadas, de pessoas trabalhando, turistas, vendedores de atrações turísticas e shows etc. Então as vezes é mais rápido você “escapar” dessa bagunça entrando em uma estação e descendo na próxima e bem perto de onde quer ir. E o mais legal do metrô de NY? Ele é 24 Horas. Nem todas as linhas operam 24 Horas, por isso é interessante você entender como funciona o sistema de integração pois a rede toda é atendida por trens, mas as linhas podem mudar ou atender parcialmente, fazendo você trocar de linhas para chegar ao seu destino durante a madrugada.

DICA: O metrô de NY é enorme e você irá se deparar com entradas de estações em praticamente cada esquina que você observar. Em São Paulo estamos acostumados com apenas poucas entradas em que todas levam para uma única frente onde temos as catracas e a bilheteria. Em NY se desacostume com a idéia de encontrar essas bilheterias ou mesmo estas entradas enormes. Você encontrará pequenas entradas, que já te dão acesso às catracas e à linha que você irá pegar. E em grande parte da maioria dessas entradas não existe bilheteria. Portanto se você quer comprar um “Single Ride” ou um MetroCard para 7 dias, acostume-se com as Vending Machines. Elas aceitam Cartões de Débito e Crédito e, eu ACHO, que aceitam dinheiro. Mas você dificilmente terá uma interação com um “humano” para venda dos bilhetes. Inclusive, em diversas outras atrações também será comum você se deparar com poucas bilheterias e diversas outras Vending Machines.

Ônibus

Vou ser um pouco injusto avaliando os ônibus de NY pois eu apenas TENTEI pegar um em uma oportunidade e não consegui. A minha ideia era conhecer como funcionava e realmente passear de ônibus do Brooklyn até o Botanic Garden. Mas os ônibus de lá não aceitam dinheiro. Na verdade aceitam, se você pagar em moedas, mas os motoristas não cuidam de troco.

Então como faço para pegar ônibus em NY?

Simples. Lembra do MetroCard? A MTA também opera as linhas de ônibus de NY, portanto estes cartões devem ser utilizados para pagamento da passagem de ônibus. Mas não é o mesmo cartão que você utiliza apenas para o Metrô. Digamos que o seu passe ilimitado de 7 Dias te dá direito apenas ao Metrô. Você terá que comprar créditos para andar de ônibus ou  comprar um bilhete diferente que serve para Metrô + Onibus. Ai você será um turista feliz passeando de ônibus pelas ruas de Manhattam e pelos bairros de NY.

Carro

Alugar um carro em NY é mais fácil que comprar água. ;-). Você encontrará agências grandes e pequenas em diversas localidades. Para um estrangeiro alugar e dirigir nos Estados Unidos basta que na ocasião da locação ele apresente o Passaporte e a Carteira de Motorista do país de origem. Ou seja, eu apenas precisei de meu Passaporte e de Minha Carteira de Motorista para ser um motorista feliz nas ruas dos Estados Unidos.

Mas não pense que dirigir em Manhattam é algo fácil. Você irá encontrar ruas e avenidas completamente lotadas de carros, e não só na hora do rush, mas em qualquer momento do dia. Manhattam está passando, em diversas localidades, por revitalizações, obras e mudanças. Portanto você irá encontrar ruas fechadas, ou pistas parcialmente interditadas. Pedestres aos milhares, ainda mais chegando próximo da Broadway, dos grandes centros turísticos, da Times Square, 42 St etc. Ou seja, se prepare para ficar bons momentos dentro de seu carro ouvindo rádio e buzinadas, de taxis e outros motoristas dividindo espaço com perdestes e semáforos.

Quando você se afasta um pouco de Manhattam e vai para os “bairros” as coisas começam a ficar mais calmas e o trânsito a fluir. Mas convenhamos que existem pouquíssimas atrações nos bairros para se visitar, e as mais importantes, além dos principais pontos turísticos, estão localizados na “ilha” e lá é onde você mais encontrará dificuldades para se locomover. Sem contar que na ilha de Manhattam e nos arredores, você não encontrará lugar para estacionar, na grande maioria dos lugares é proibido, quanto mais próximo do centro você estiver, e em locais mais afastados o parquímetro é algo disputado SE você achar uma vaga. Eu reparei alguns estacionamentos próximos, e alguns públicos (todos pagos) e achei que o preço era um pouco alto para estacionar próximo às principais atrações e nos arredores do Central Park ou da Times Square.

Conslusão

Após pesquisar bastante sobre locomoção antes de viajar, e procurar por diversas opiniões em outros locais, eu decidi por dar uma chance ao transporte público de NY e me aventurar no Metrô deles durante minha viagem. Eu acredito que essa foi a melhor escolha baseada na experiência que tive. Como disse, fiquei 12 dias em NY e não importa o lugar que você queira ir, não importa se é um Museu, um Parque, um passeio ou uma rua, provavelmente encontrará uma ou duas estações que lhe atenderá em seu percurso.

Utilizar o transporte de público de NY é extremamente eficiente e rápido. Ainda mais quando você vai andar ou conhecer as atrações em Manhattam. Pois qualquer rua de lá, você encontrará uma estação de metrô próxima, e boa parte  das estações irão te integrar com outras para onde você quiser ir em NY.

Durante minha viagem, eu também fui fazer algumas comprar no Jersey Gardens Outlet – localizado em New Jersey. E este foi o único momento de minha viagem que eu senti falta de ter alugado um carro. Para ir de NY para New Jersey (ou pelo menos para o Jersey Gardens, existem duas linhas saindo de “New York Port Authority Bus Terminal” que irão te deixar na porta do Outlet. As linhas #111 e #115. O transporte para lá é rápido e eficiente, e a passagem custa algo em torno de $ 7.50 para um trajeto Ida-e-Volta por pessoa. A questão é que dependendo da quantidade de coisas que você irá comprar, voltará com malas, sacolas, caixas e uma infinidade de objetos que será difícil carregar ou transportar na volta. O ônibus possui compartimento de bagagens, como os ônibus de excursão, mas da estação Port Authority até onde você está hospedado você terá que se deslocar de alguma forma, e isso pode causar um incômodo dependendo da quantidade de coisas que você estiver carregando. Por isso disse que foi a única vez que eu deveria ter pego um carro.

Uma última consideração sobre o metrô de NY é que no início você imagina que pela quantidade de pessoas que ele atende por dia você encontrará trens lotados. Isso não é verdade. Mesmo na hora do rush você vai relativamente confortável. Claro que nem sempre você irá encontrar um lugar para sentar, mas dificilmente irá ser espremido ou apertado em uma viagem. Por ter uma grande abrangência, é comum que o fluxo e quantidade de pessoas seja mais espalhado entre as diversas linhas. Portanto não existe uma super-lotação nos trens.

Vai alugar um carro? Veja a melhor cotação em nosso parceiro rentcars.com.

Anúncios