Muita gente sempre se pergunta se fazer um Seguro Viagem vale a pena ou não, se é bom ou se é algo que pode ser deixado de lado por questões de economia.

Eu costumo dizer que parte-se de mesmo princípio de um seguro de carro ou de casa, a gente sempre faz para nunca querer usar. Mas fazer um seguro viagem é imprescindível.

Quando a gente viaja, gastamos muito tempo planejando, fazendo roteiros, discutindo passeios e lugares para visitar etc. Fazemos isso por que uma viagem é sempre algo para divertir, ser legal, fazer com que a gente se “desligue” dos problemas do dia-a-dia e relaxe. Então a última coisa que queremos durante nossas férias e viagens é termos preocupações.

Se você acha que problemas não ocorrem durante uma viagem, você está viajando pouco. Claro que é exagero pensar em coisas graves em todas as viagens que fazemos, mas não é raro ver voos sendo cancelados, ou mesmo atrasados, e termos que depender da companhia aérea, por exemplo, para que eles liberem vouchers para refeição, taxi ou mesmo hotel, dependendo do tempo de atraso.

Em um de meus voos voltando para o Brasil de New York, o voo estava agendado para 21:30, depois de uma certa demora, desculpas da companhia aérea etc, ganhamos um voucher para o jantar apenas às 23:40 (horário em que praticamente todos os restaurantes do aeroporto estavam fechados ou fechando) após isso, ficamos sabendo que o voo não seria liberado naquele dia, e formou-se uma fila para voucher de taxi / hotel. Mas a quantidade não era suficiente, então teve gente que teve a liberação apenas 3:00 da manhã. Levando em conta que o voo tinha sido reagendado para 10:00 do dia seguinte, sair do aeroporto as 3:00, pegar um taxi e ir para o hotel nos tomou mais de 1 hora, chegamos mais de 4:20 no hotel, para fazer check-in, dormir e sair de lá novamente no máximos as 7:30 para poder chegar a tempo de embarcar novamente.

Teríamos evitado todo esse transtorno logo de início quando soubemos que o voo tinha sido cancelado, se tivéssemos uma cobertura para casos de atrasos, o que inclui translado, hospedagem e até refeição.

Esse é apenas um dos exemplos, mas quantos outros não vemos em que ocorre extravio de malas, ou mesmo a perda delas? Imagina planejar uma viagem de 2 semanas e sua mala ser extraviada e você não ter roupa durante todo esse período.

São exemplos de coisas que acontecem com mais frequência do que imaginamos. E por esse motivo que um seguro viagem pode dar toda a tranquilidade quando estamos saindo de férias e a ultima coisa que queremos é problema. Eles ocorrem, mas se pudermos contar com uma ajuda nesse momento, é o melhor remédio.

Em todos esses casos que dei exemplos acima, existe cobertura quando se faz um seguro viagem. Ajuda com localização de mala extraviada, dinheiro em caso de não acharem sua mala, para que você possa comprar roupas e acessórios novos, refeição, taxi, hotel em caso de atrasos etc. Claro que a cobertura vai além, para casos mais graves como um acidente, uma cobertura hospitalar, perda de documentos e até mesmo uma assistência jurídica e até fiança.

Por esse motivo eu acredito que fazer um seguro viagem é imprescindível. Devemos sempre considerar ele nos gastos de nossas viagens pois é uma segurança extra para qualquer imprevisto. Se pensarmos que não vamos usar, claro que ele pode ser considerado como um “gasto”, mas imagine a dor de cabeça que você terá caso precise e não tenha contratado. 😉

Além disso, os preços de um atendimento médio em determinados países chega a ser absurdo. Custando centenas de dólares por uma simples consulta nos Estados Unidos, por exemplo. Lembrando também que a entrada em alguns países está condicionada à existência de uma cobertura durante o período em que você for ficar no país.

Qual a diferença entre seguro saúde e seguro viagem?

O seguro saúde possui apenas a cobertura médica, como por exemplo: consultas, internações. Já o seguro viagem possui, além destas coberturas médicas, outras coberturas, como: extravio e localização de bagagem, indenização em caso de morte, fiança, auxílio financeiro, entres outras.

É importante saber essa diferença em casos de contratação. Alguns convênios médicos oferecem um seguro saúde para seus clientes, mas a cobertura é apenas para casos hospitalares, como descrito acima, um seguro viagem tem isso, mas oferece muitos outros serviços para a grande maioria dos problemas que você possa enfrentar em sua viagem.

Qual Seguro Escolher?

Eu já utilizei alguns seguros Premium, mas esses eram muito caro pelo mesmo serviço que muitos outros ofereciam por ai. Foi então que conheci alguns outros como Affinity, Sulamerica, Ace e diversos outros que fazem esse mesmo tipo de cobertura com os mesmos benefícios e o mesmo valor coberto, por um valor muito mais baixo.

O problema era ter que pesquisar em diversos sites ao mesmo tempo e ver o que era mais em conta, ver quais ofereciam as melhores coberturas pelos melhores preços etc.

O lado bom da internet é que existem hoje diversos locais que você pode fazer cotação em diversas seguradoras ao mesmo tempo. Sites como a Real Seguro Viagens oferecem esse tipo de serviço.

Parceria

Pensando nessa facilidade fizemos uma parceria com a Real Seguro Viagens, e através do nosso link você tem desconto na hora da cotação e da contratação do seguro. Lembrando que a Real não é a seguradora, é uma agência que pesquisa em diversas outras e você escolhe a que achar melhor. Entre as opções existem diversos exclusivo para turismo, existem outros para intercâmbio, etc. Caso esteja em dúvida de qual escolher, durante a cotação existe um chat, que você pode perguntar à um dos atendentes.

Para ter acesso ao site e receber o desconto na cotação, clique no link acima, ou na imagem abaixo.

seguro_viagem_geral_240x400

Anúncios