Eu gosto de sempre contar minhas experiências com as companhias aéreas que viajo, pois da mesma forma que eu sempre considero as opiniões e relatos de outros viajantes, acredito que possa ser útil para algumas pessoas que estejam planejando suas viagens e escolhendo suas passagens para aproveitar suas férias, a viagem dos sonhos ou mesmo um voo à trabalho. Eu costumo prestar bastante atenção à opiniões e experiencia que outros passageiros tiveram para chegar à uma conclusão quando escolher o voo e a companhia que irei viajar.

No caso da American Airlines, eu vou relatar duas viagens que fiz com eles em apenas um post, pois foram experiências bem parecidas nas duas ocasiões. Os dois voos que fiz recentemente com ela foi para New York (indo sem escalas para o aeroporto JFK) e para Raleigh na Carolina do Norte (Escala em Miami e Voo doméstico até o destino final).

Vou procurar manter o mesmo modelo que fiz com o relato da AeroMexico, há algum tempo atras.

Check-in

O check-in da AA é extremamente fácil e completamente online, se você não quiser fazer isso no momento do embarque. E ainda conta com a facilidade de poder escolher seu assento e não contar com a sorte de tentar achar um local bom de ultima hora. De qualquer forma, o check-in no aeroporto é extremamente tranquilo e os atendentes são muito atenciosos. Não é difícil você conseguir uma sugestão de um assento melhor no momento do check-in ou uma troca de assentos. Nesse ponto o pessoal é realmente atencioso.

O despacho das malas também segue o mesmo atendimento e é bem simples e rápido. As filas costumam ser maior em voos mais concorridos e próximos aos finais de semana. Voos para Miami, Orlando, New York, são os que geram mais demanda geralmente e por serem mais concorridos, possuem as maiores filas.

No aeroporto de São Paulo, já cheguei a enfrentar fila de mais de 50 minutos para despacho das malas no guichê da AA. Sempre se programe para chegar ao aeroporto com antecedência  para caso de imprevistos como este.

 Avião – São Paulo -> Raleigh

Por ser uma cidade com poucos volume de voos, dificilmente você conseguirá um voo direto saindo do Brasil para Raleigh, na Carolina do Norte.

Com a AA a a minha escala foi em Miami (FL). Com um tempo entre os voos de pouco mais de uma hora, o que é suficiente para o desembarque, coleta de malas, alfândega, e novo check-in e despacho de bagagens para o voo doméstico.

De São Paulo até Miami o voo foi em um avião Boeing 777-300 e de Miami para Realeigh foi em um Boeing 737-800.

Para Miami, o 777-300 é aquele já velho conhecido padrão para viagens internacionais: fileiras de 10  lugares 3-4-3 (classe econômica), e oferece no serviço de bordo um jantar e café da manhã, também possui sistema de entretenimento com filmes, séries e jogos. Wifi (pago) plugues de energia em todos os assentos. Em relação ao sistema da AA de entretenimento, eu sempre tive pequenos problemas técnicos com eles. Filmes entram em pausa quando existe algum anúncio da tripulação, mas quando o aviso acaba ele trava, ou não retorna direito etc.

De Miami para Raleigh, o modelo 737-800 é o padrão que estamos acostumados para voos domésticos e pontes aéreas com duas fileiras e o serviço de bordo inclui apenas bebidas (sucos, água, refrigerante).

Avião – São Paulo -> New York

De São Paulo para New York o voo também é no modelo Boeing 777-300 com todas as características descritas acima.

Voo de Ida

Meus dois voos de ida ocorreram sem nenhum problema ou atrasos, mesmo as conexões ocorreram dentro do previsto.

Voo de Volta

Aqui começaram os problemas. Em TODOS os meus voos de volta para o Brasil eu enfrentei problemas com a AA. De New York para São Paulo, meu voo começou com atraso, depois foi cancelado e  o voo que era para sair em uma Terça-Feira as 22:00 acabou saindo na Quarta as 17:00. Recebemos um voucher para jantar, outro para taxi / hotel e no dia seguinte um para almoço, mas foi bem cansativo.

Da mesma forma que meu voo de Miami para São Paulo estava agendado para 20:00 e saímos do aeroporto 2:30 da manhã.

Não é raro encontrarmos em aplicativos que fazem rastreamento de voos informações sobre atrasos com os da American Airlines, e se for contar com minha experiência com eles, tive 100% de voos atrasados.

Atendimento

Se tem uma coisa que não pode-se reclamar da American Airlines é o atendimento deles. Como disse acima, sempre fui muito bem atendido desde o momento do Check-in / Despacho das Malas, até o desembarque. Não é raro os atendentes sugerirem um lugar melhor, um upgrade ou mesmo uma sugestão.

Resumo

Bom, eu não vou falar que viajar com a American Airlines foi a pior experiência que já tive com companhias aéreas. Apesar de conhecer pessoas que detestam voar com ela, meus voos sempre foram tranquilos. Problemas ocorrem, e eles tem um histórico grande de atrasos para voos de volta ao Brasil, mas estão longe de serem ruim.

Vale a pena acompanhar, pois de vez em quando eles apresentam bons descontos em passagens internacionais para diversos destinos nos Estados Unidos.

Site da American Airlines

Anúncios