Ficamos 10 dias em Orlando, e mais do que ficar apenas nas regiões dos parques, fomos conhecer outros locais próximos na Flórida, como Central Florida, Space Coast e até Miami. Em 10 dias da pra fazer muita coisa por lá. Confira como foi nosso roteiro e os locais que passamos durante nossa viagem.

Claro que 10 dias não é muito, se você for considerar tudo que tem pra se ver, ainda mais quando falamos em Disney e Parques de Diversão que tomam, no mínimo, um dia inteiro cada parque em seu roteiro. Mas com um pouquinho de planejamento (e alguns dias até mesmo sem planejar nada) vamos encaixando uma atração ou outra no caminho.

Voo

Nosso voo saiu de São Paulo em uma Quinta-Feira à noite, o que nos daria a oportunidade de passar dois finais de semana por lá. Os finais de semana são os dias que os parques estão mais cheios, mas como disse um colega meu uma vez: “na Disney não existe dia calmo ou baixa temporada”. Então ignoramos os dias da semana e encaramos um roteiro que fazia mais sentido em nossa cabeça. O voo foi pela Copa Airlines, com escala na Cidade do Panamá. Eu nunca tinha voado com eles, mas já tinha ouvido falar a respeito dos serviços prestados, com o Panamá sendo o “hub das américas” e sede da Copa. No geral nosso voo foi bem agradável e sem nenhum incidente, tanto para ir quanto para voltar. Tivemos um pequeno atraso de 1 hora entre Panamá -> Orlando, mas nada que comprometesse nossa viagem. Veja o post sobre a nossa Experiência com a Copa Airlines para Orlando.

Carro

Chegamos em Orlando na sexta-feira próximo ao horário de almoço e no aeroporto mesmo fomos retirar nosso carro na AVIS. Em Orlando os guichês das locadoras ficam no térreo, e há uma garagem do outro lado da rua onde os carros podem ser retirados. Apesar de eu ter pago a locação com antecedência na  AVIS, tive a pior experiência de todas as minhas viagens com uma locadora de veículos. Até fiz um post a respeito sobre a Péssima Experiência que Tivemos com a AVIS em Orlando.

Veja também no nosso post Orlando – Alugar ou Não alugar um Carro, a nossa opinião sobre este assunto e os motivos para alugar ou não.

Se você for alugar um carro em Orlando, não deixe de checar os preços em nosso parceiro através deste link, você ainda ajuda o blog. 😉 Eu só não recomendo a AVIS, mas você poder ter a sorte que eu não tive com eles.

Hotel

Depois de quase duas horas para resolver o problema do carro e conseguir sair com ele do Aeroporto, fomos para o Hotel deixar as malas, guardar nossas coisas e nos arrumarmos para bater perna pela cidade, e para fazer umas comprinhas para o dia-a-dia no Wallmart, além de conhecer a região. Ficamos hospedados no Celebration Suites at Old Town. Não fica especificamente em Orlando, mas do ladinho em Kissimmee.

Orlando-Celebration_Suites

A experiência foi boa nesse hotel. Que na realidade não é bem um hotel. É mais uma “casa”, com quarto, sala, cozinha e banheiro, totalmente equipado em todos os cômodos, o que foi bom, pois nos permitiu tomar café da manhã quase todos os dias no hotel e economizar um pouquinho. Toda nossa experiência no local eu descrevi no post Hotel Celebration Suites em Orlando.

Quer reservar este hotel? Faça uma cotação no booking.com. Ou pesquise por hotéis em Orlando em nosso parceiro.

Dia 1 (Sábado)

Nosso primeiro dia já começou com uma viagem de carro até a Space Coast. Fomos conhecer o Kennedy Space Center Visitor Complex, o complexo de atrações da NASA na Florida. Localizado no Cabo Canaveral, é o local onde são feitos os lançamentos de foguetes e ônibus espaciais e inclusive o único onde o público pode assistir esses lançamentos ao vivo. Infelizmente quando fomos não havia nenhum lançamento programado, havia ocorrido um no dia anterior. Não demos muita sorte.

florida-kennedy_space_center

No Kennedy Space Center existe uma série de atrações para todo o tipo de público: exibições, jogos e brinquedos interativos e até mesmo um ônibus espacial. Lá é onde está a Atlantis, que depois de tantas missões espaciais, agora repousa no parque e está à mostra ao público, podendo até ser tocada.

A nossa experiência no local pode ser lida no post Kennedy Space Center. Você ainda pode se programar para fazer um Acampamento no Kennedy Space Center se estiver em grupo, e acampar embaixo da Atlantis. Também pode fazer um Treinamento de Astronauta no Kennedy Space Center.

De lá, partimos no final do dia para Cocoa Beach, ainda na Space Coast. Fomos molhar os pés e conhecer a praia mais famosa da região. Lugar bastante frequentado também por surfistas. Por falar neles, essa região é bem famosa entre os praticantes desse esporte, tendo, inclusive, a maior loja de produtos de Surf do mundo.

florida_cocoa_beach-kelly_slater

Se você tiver mais dias de sobra, recomendo conhecer um pouco mais de Space Coast e das diversas atrações que eles tem à oferecer. Se não der, pelo menos termine seu dia comendo um camarão no Dixie Crossroads. Leia nosso post sobre Space Coast – Florida e quem sabe você não se interessa pelo local. Tem até um passeio de barco para degustar cervejas.

Dia 2 (Domingo)

Nosso segundo dia ainda estava calmo. Decidimos ir as compras e passar pela Disney Springs. Um dos principais motivos era que ainda precisávamos trocar nossos ingressos para os parques Disney, pois estávamos apenas com o voucher da compra online. Por lá é possível visitar o Guests Relations Lobby e retirar seus ingressos para os parques. Eu recomendo passar por lá antes pois você ganha tempo e já chega nos parques com eles, não precisa ir aos guichês nem pegar filas para trocar.

orlando-disney_springs-world_of_disney-stitch

Praticamente todos os produtos vendidos dentro do Disney Springs são os mesmos que você irá encontrar nos parques da Disney. Veja as atrações e as dicas sobre o local em nosso post Guia Sobre o Disney Springs (Antiga Downtown Disney) em Orlando.

Dia 3 e 4 (Segunda e Terça)

Bom, começamos finalmente com os parques e fomos primeiro à Universal. Os próximos dois dias seriam inteiros reservados à esses dois parques. Começamos pelo Islands of Adventure e no dia seguinte fomos ao Universal Studios.

Os dois links acima descrevem todas as atrações de ambos os parques, o que encontrar neles e algumas dicas e comentários sobre os brinquedos, restaurantes e etc.

orlando-universal_studios

O nosso roteiro mesmo no Universal ficou para um outro post: Roteiro de Dois Dias nos Parques Universal em Orlando.

Não utilizamos o Universal Express (que permite você “furar fila” nas atrações) mas não deixamos de visitar nenhum dos brinquedos que gostaríamos.

orlando-universal-islands_of_adventure

Dia 5 (Quarta)

Eu pensei que seríamos fortes e conseguiríamos dar continuidade na rotina de parques, mas depois de 2 dias seguidos na Universal (os dois maiores parques da região) descobrimos que nossos pés não suportariam a rotina. Então resolvemos dar uma modificada no roteiro.

Havíamos reservado a Quarta-Feira para começar nossa visita aos parques da Disney. Mas resolvemos adiar para a Quinta-Feira e fomos fazer algumas coisas mais “leves” nesse dia, sem deixar de  conhecer outros lugares, claro.

Primeiro fomos até Downtown Orlando, para conhecer o bizarro museu Ripley’s Believe it or Not. Um local voltado totalmente ao esquisito ou ao inacreditável. Famoso por ter dado origem inclusive à livros, programas de rádio e até de televisão, é uma boa opção além dos parques para se divertir um pouco e adquirir um pouco de cultura (in)útil para dividir com os amigos.

orlando-ripleys_believe_it_or_not

Veja nosso post completo sobre o local em Ripley’s Believe it or Not – Orlando.

De lá fomos dar uma volta por Downtown Orlando, passamos em alguns Gift Shops (Orlando tem um a cada esquina, mas os de Downtown são os maiores, na minha opinião).

Como disse, esse dia resolvemos pegar leve, então nada mais tranquilo do que ir em um Outlet fazer compras. 😛 Sim, eu sei, mas era o dia que até então tinha nos sobrado mais tempo, então lá fomos nós gastar dinheiro e comprar coisas baratas pela cidade.

orlando-linternational_premium_outlets

Orlando possui dois principais outlets, ambos da mesma rede: Premium Outlets. Além disso, ambos ficam na International Drive, mas nossa escolha foi pelo Orlando Internation Premium Outlets, por ser o mais próximo de Downtown e de ter algumas das marcas que gostamos. O outro é o Orlando Vineland Premium Outlets. A grande maioria das marcas estão presentes em ambos, mas existem algumas pequenas diferenças. Acesse os links de cada um e confira as lojas.

Dia 6, 7 e 8 (Quinta, Sexta e Sábado)

Ufa, finalmente os tão esperados parques da Disney.  Um pouco mais descansados, mas não totalmente recuperados, lá fomos nós conhecer os parques nessa ordem: Quinta: Magic Kingdom, Sexta: Hollywood Studios e Sábado: Animal Kingdom e EPCOT.

orlando-disney_magic_kingdom-main_street

Nossa, mas vocês foram em dois parques no ultimo dia? Na verdade fomos em três. Por que no ultimo dias ainda vimos o show de encerramento do EPCOT e corremos para o Magic Kingdom para ver a projeção no castelo. Nos links acima eu descrevo um pouco de cada parque, todas as suas atrações e brinquedos, e no post Roteiro de Três Dias no Walt Disney World eu explico melhor o motivo de termos ido em três parques no ultimo dia e minha sugestão para que você não faça isso.

orlando-disney_epcot

Dia 9 (Domingo)

Bem cansados nós estávamos, com certeza, mas a vida é muito curta para ficar dormindo em um quarto de hotel. Quase no final de nossa viagem, ainda tinham alguns lugares que gostaríamos de conhecer e sempre falta uma  lembrança ou uma ou outra coisa para comprar e mesmo uma loja para conhecer.

Nesse dia não poderia ser diferente. Partimos para nossas ultimas compras com o que iríamos trazer pra casa (não se espante, na maioria é sempre comidas e coisas gostosas que encontramos por lá e não temos aqui nos mercados :-P).

Mas nosso principal objetivo mesmo era esticar as pernas e descansar um pouco da agitação dos parques, e quem sabe fugir um pouco dos turistas. Então estava faltando em nosso roteiro o Lake Eola Park. Partimos novamente para Downtown Orlando, onde o parque está  localizado.

orlando_downtown-city
Chegando em Downtown Orlando

Para quem não conhece, Downtown é a “parte adulta” de Orlando, local das maiores baladas e festas noturnas da região. Então não é de tudo um local calmo, mas a agitação começa mesmo durante a noite. Durante os dias da semana é bem agitado pois é um centro comercial, mas aos finais de semana costuma ser um local bem tranquilo durante o dia. E foi pensando nessa tranquilidade que fomos conhecer o Lake Eola. Entre os altos prédios está um dos maiores parques da região, com restaurantes em volta e algumas atividades, inclusive pedalinhos em formato de cisne para andar pelo lago.

orlando_downtown-lake_eola-fonte

Veja o post completo sobre o local em Lake Eola Park – Downtown Orlando.

Depois de um pouco de calma e uma leve caminhada por todo o lago, fomos finalmente ao The Mall at Millenia. Esse é um shopping para os mais endinheirados da cidade, com lojas finas e grifes famosas e caras. Isso quer dizer que não chegamos nem perto da porta de entrada desse shopping, mas fomos até lá para comer no Cheese Cake Factory Orlando. Esse é um dos poucos restaurantes que eu sempre indico para quem vai para os Estados Unidos. Não importa se você economizou em toda sua viagem, se permita esse gasto.

Dia 10 (Segunda)

Se esse dia fosse um filme, ele seria anunciado na Sessão da Tarde® como: Dia 10 – A Loucura. “Um casal dirige mais de 800 Km pela costa da Florida em uma viagem de Ida e Volta até Miami parando em Central Florida no Caminho”. Sim, fizemos isso. Mas temos uma boa explicação.

Nosso voo de volta seria na Terça-Feira, e na Segunda-Feira era Feriado de 4 de Julho, o dia da Independência Americana. Para eles é o feriado mais comemorado em todo o país. Então pensamos: por que não comemorar o 4 de Julho em Miami? Não seria de todo uma má ideia, se não fosse um simples detalhe. Ainda estávamos com ingressos reservados para conhecer um outro parque em Central Florida, chamado Bok Tower Garden. Um lugar bem interessante, devo admitir, com uma torre que toca a cada 30 minutos 60 sinos de carrilhão, formando uma sinfonia única.

florida-bok_tower_garden-tower

Confira como é o lugar e como foi nossa visita por lá no post: Visita ao Bok Tower Garden em Lake Wales – Florida.

Bom, então dirigimos de Orlando até Central Florida, e de lá até Miami. Chegamos à cidade um pouco em cima da hora e mal tivemos tempo de aproveitar muito a festa. Vimos a queima de fogos de artifício e corremos para pegar o carro e voltar para Orlando. Mas não contávamos que iria cair uma chuva típica de filmes de terror e que ficaríamos mais de 1h30min presos dentro da cidade em um transito totalmente atípico (por causa da quantidade de carros na festa e por causa da chuva). Com isso, chegamos de volta à Orlando às 4 da manhã e nosso check-out era as 11, e ainda nem tínhamos arrumado as malas.

Aqui vai uma dica: Vale a pena dirigir de Orlando até Miami? Eu diria com certeza que sim, mas de forma nenhuma vale a pena fazer um “bate-volta” no mesmo dia. Vou escrever sobre viajar de Orlando até Miami de carro. Não é uma viagem longa, mas considere pelo menos 4 horas de ida e mais 4 horas de volta. Se você pretende aproveitar alguma coisa na cidade, procure reservar um dia por lá, pelo menos. Vá em um dia, aproveite o que a cidade tem de interessante, e volte no dia seguinte, após passar a noite em algum local.

Resumo

Orlando é uma cidade fantástica, totalmente voltada para turistas e com muito o que se fazer. Além disso, tem muito a oferecer além dos parques de diversão. De forma alguma deixe de visitá-los, mas se agarre a cada minuto fora deles para conhecer alguma coisa ou alguma atração que a cidade tem a oferecer. Existe muita coisa pra se fazer fora dos parques.

Eu recomendo reservar uns dois dias para conhecer Space Coast, e mais um para conhecer Central Florida. Mudamos nosso roteio algumas vezes durante o tempo que ficamos por lá. Claro que se você tem poucos dias para ficar, terá menos flexibilidade, mas procurei demonstrar aqui neste post (e nos outros links) um pouco de como pode ser um roteiro por Orlando.

Walt_disney_epcot-lago

Anúncios