O Jardim Botânico de São Paulo oferece mais de 360 mil m² de área verde e de preservação de mata nativa, e não fica tão longe quanto parece. Localizado na Zona Sul da Capital, próximo ao Jardim Zoológico da cidade, ele é uma boa opção de contato com a natureza em um ambiente tranquilo e bem conservado. Além disso, sabia que tem até uma nascente nele? Vou contar por que vale a pena conhecer o Jardim Botânico.

sao_paulo-jardim_botanico-entrada

Localização

Pra começar ele não fica assim tão distante. Localizado na região da Zona Sul, fica próximo ao Zoológico de São Paulo e ao Terminal Jabaquara. Além disso, existem algumas linhas de ônibus que saem do metrô São Judas. Uma delas é a 4742-10 METRÔ SÃO JUDAS-JD. CLIMAX. Ela para na porta do Jardim Botânico. Pegar um taxi do Jabaquara também é uma boa opção, já que ele fica a apenas 4 Km de lá.

Preço

Um dos atrativos do parque é que ele é um passeio barato na Cidade de São Paulo. O ingresso custa R$ 6,00 (por pessoa) e Estudantes pagam meia-entrada (R$ 3,00). Idosos e crianças abaixo de 4 anos não pagam entrada.

Público

Por não ser um parque localizado em uma região mais central (como é o caso do Ibirapuera, por exemplo) espere encontrar uma quantidade menor de pessoas. O que torna o passeio mais tranquilo e você pode aproveitar melhor o local sem “disputar” lugar com tanta gente.

Atrativos

Bom, o preço, a tranquilidade e a localização foram apenas alguns dos argumentos para te convencer a ir ao Jardim Botânico. Mas com certeza o principal dele são as atrações, plantas e a paisagem mais do que interessante. E com certeza por alguns momentos você irá esquecer que ainda está em São Paulo.

sao_paulo-jardim_botanico-caminho_entrada

Vamos começar pela entrada? Já no começo da caminhada você  irá encontrar um local bem organizado, limpo e que impressiona. A foto acima é da “Alameda Fernando Costa” e logo é possível observar as imponentes árvores que formam a passarela de entrada junto às águas que cortam todo o parque.

Alias, água é o que não falta no local, com riachos, nascentes e enormes lagos, o Jardim Botânico tem uma enorme área onde é possível observar animais vivendo em seu habitat. Peixes, patos, cisnes e uma diversidade de outras espécies dividem espaço com os visitantes.

sao_paulo-jardim_botanico

Tem muito o que se ver por lá e diversos pontos que acabaram se tornando uma atração para os visitantes.

Uma delas são as famosas escadarias, que ficam na região central do Jardim Botânico, fazendo parte do projeto arquitetônico do “Jardim do Lineu” e que foram construídas em 1928. A escadaria da esquerda permitia anteriormente o acesso ao mirante, que hoje está desativado devido ao crescimento da vegetação ao redor. A escadaria da direita ainda permite acesso à “Trilha de Terra Batida“.

sao_paulo-jardim_botanico-escadas

Temos também o famoso Portão Histórico, que era o antigo portão de entrada ao Jardim Botânico e que hoje se encontra em exposição na região central do parque, junto ao Lago das Ninféias.

sao_paulo-jardim_botanico-portao

Diversas outras atrações e belas paisagens são apresentadas ao público. Alguns animais podem ser vistos, dependendo do horário do dia, como algumas espécies de macacos e outros animais silvestres.

Um outro destaque é a trilha que leva até a Nascente do Córrego Pirarungáua. É uma trilha de fácil caminhada, feita toda de madeira e o percurso não dura mais do que 25 minutos, contando ida e volta. Ela passa entre vegetação nativa e ao final você chega à Nascente.

sao_paulo-jardim_botanico-trilha_nascente

O Jardim Botânico tem muito mais a oferecer, com trilhas de terra, diversos ambientes, cada um com um tipo de planta e vegetação e cada uma abrigando um tipo diferente de sua própria fauna. É impressionante como, por exemplo, o Jardim dos Sentidos te faz ter algumas experiências sensoriais logo que você entra nele, com suas plantas e flores com um aroma bem peculiar.

Não podemos deixar de mencionar também as estufas. Temos a Estufa do Cerrado e a Estufa da Mata Atlântica. Cada uma simulando esse tipo de clima e com árvores e vegetação nativas de cada região.

sao_paulo-jardim_botanico-estufas

Elas não ficam abertas durante todo o período de abertura do Jardim, e sim em horários específicos. Se informe na recepção sobre os horários de abertura delas.

Entre elas ainda fica o Jardim das Orquídeas, onde as mudinhas crescem até serem transferidas para os terrenos do parque.

Restaurante

Você verá muitas famílias fazendo piqueniques por todo o parque. Mas se você não  quiser se arriscar em levar sua própria comida para o local, não se preocupe que tem onde comer por lá.

Próximo às escadarias existe um restaurante que serve lanches, sucos, vitaminas e almoço por quilo entre 11:30 até 15:30. É uma comida simples, mas boa. Com opções para todos os gostos. Saladas, pratos quentes e até sobremesa são servidos no local.

Informações

Onde: Av. Miguel Stéfano, 3031 – Água Funda – São Paulo – SP – CEP: 04301-902
Quanto: R$ 6,00 (R$ 3.00 para Estudantes) – Idosos e Crianças Menores de 4 anos não pagam.
Horário: De terça a domingo e feriados (incluindo feriados que caem na segunda-feira), das 9 às 17 horas. Quarta-feira de Cinzas aberto a partir das 12h. No horário de verão: aberto das 9 às 18 horas. Fechado: sexta-feira santa, 25 de dezembro e 1º de janeiro.
Estacionamento no Local: Sim. R$ 10,00 (Carros) – R$ 5,00 (Motos) e R$ 30,00 (Ônibus e Vans). Observação: Não se engane quanto ao estacionamento. Existe um bem ao lado da entrada do Jardim Botânico, mas ele não é o do Parque. O “oficial” fica um pouco mais à frente da entrada, ainda na Miguel Stéfano, e é mais  barato.

Resumo

Se vale a pena ir ao Jardim Botânico de São Paulo? Com certeza que sim. Esse post é uma tentativa de te convencer à ir conhecer esse enorme parque que fica na Capital e poucos minutos de metrô.

Existe muito mais para se observar e conhecer no local além do que foi escrito, mas vou deixar um pouco da surpresa para você ver quando for conhecer o parque. Seja para passar um dia todo, dar uma volta rápida, praticar uma caminhada ou apenas sentar e relaxar na grama, uma coisa eu garanto: você terá bastante espaço e uma calmaria fora do normal no lugar.

E ai, já foi e quer deixar uma dica? Deixe um comentário e nos diga o que achou do local. Siga o blog no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Anúncios