Todos os finais de semana no bairro da Liberdade – em São Paulo – acontece a famosa Feirinha da Liberdade, local para se ter contato com a cultura japonesa e aproveitar comidas, artesanato e arquitetura típica deles.

A Liberdade se tornou um dos pontos turísticos de São Paulo por ser o reduto da maior colônia japonesa fora do Japão. Até a arquitetura do local se modificou, e hoje as fachadas e letreiros lembram cidades japonesas e placas e cartazes por lá são escritos apenas em japonês, em alguns casos.

sao_paulo-feira_da_liberdade_lustres

A Feirinha

O bairro por si só já é uma atração e se tornou inclusive um ponto turístico de São Paulo. Mas se você quiser aproveitar melhor, eu recomendo uma visita aos finais de semana, que é quando acontece a famosa Feirinha da Liberdade.

Todos os Sábados e Domingos, entre 9:00 e 17:00 você encontrará diversas barracas espalhadas pela Praça da Liberdade. Você irá encontrar artesanato, roupas, tecidos, frutas e uma série de objetos da cultura japonesa à venda na feira.

Mas não pense que você sairá de lá de barriga vazia. Se de um lado da praça as diversas barracas são cheias de objetos, do outro lado você encontrará todo tipo de comida da culinária japonesa. Yakisoba, Bifum, Gohan e Guioza são alguns dos exemplos de comida que você encontrará por lá (e também os únicos que sei escrever sem errar).

sao_paulo-feira_da_liberdade_barraca

O mais interessante é que você pode ver as comidas sendo preparadas, como na foto acima da barraca da Família Nakamura. Alias, essa é uma das barracas mais concorridas do local e é uma das minhas dicas de refeição por lá. Você pega uma senha e espera ser chamado. A fila é grande mas o atendimento é rápido.

Apesar de ter outros pratos, o Guioza é o carro chefe deles, e vá preparado, pois é uma refeição completa, não aqueles pequenos que estamos acostumados em rodízios. Eles não possuem um site, mas tem a página do facebook.

Se ainda estiver com fome, eu recomendo o segundo lugar mais procurado da feira, a Barraca de Takoyakis. Se for para explicar, eles parecem almôndegas recheadas, com molho tarê servidos em uma barquinha de papel. A descrição está longe de descrever esse delicioso bolinho, mas ele vale a pena.

Ao final, as barracas de doces típicos completam a refeição e são bem gostosos. Eu acabei comendo alguns por lá e ainda levando ALGUMAS bandejinhas para casa.

Liberdade

O bairro tem muito à oferecer e mesmo durante os finais de semana, está longe de ter apenas a feirinha como atração. Todas as lojas e restaurantes da região ficam abertos. Então se você procura produtos da culinária japonesa, ingredientes típicos, esse é o lugar. As lojas oferecem todo tipo de produtos para você fazer uma refeição bem oriental. Se não quiser cozinhar, os restaurantes da região oferecem cardápios bem diversificados e bem interessantes, vale a pena conferir e experimentar.

sao_paulo-feira_da_liberdade_jardim_oriental

Você ainda pode passar pelo Jardim Oriental, que fica do lado da Feirinha, na Avenida Galvão Bueno. Aos finais de semana também costuma ter algumas barraquinhas de comida por lá.

Os arredores também oferece diversas atrações. Você pode ir em um Templo Budista, por exemplo, ou conhecer lojas exclusivas de Mangás e Animes originais. Muitos deles sequer são traduzidos.

Informação

Onde: Praça da Liberdade
Como Chegar: Fica entre duas estações: e Liberdade. A estação Liberdade é a mais próxima, e você já desembarca no meio da Feirinha. Mas se descer na estação , você chega na feira bem no comecinho, e vai andando por toda ela até chegar na região das barracas de comidas.
Quando: Feirinha da Liberdade – Sábados e Domingas – 09:00 às 17:00.
Quanto: Grátis, mas cada barraca e cada tipo de comida tem seu preço.
Site: Feira da Liberdade

Dica: Já que está pela região, não deixe de visitar a Catedral da Sé. Por lá você pode fazer também uma visita monitorada à Cripta da Catedral.

Resumo

A Liberdade se tornou um ponto turístico de São Paulo por sua arquitetura e sua imersão ao “universo nipônico”. Não importa o dia que você for, encontrará boas atrações pelo local. Mas se valer a dica, deixe para conhecer durante o final de semana, assim você aproveita o melhor do local e também aproveita a Feirinha, com muito da cultura oriental e também de sua culinária.

Anúncios